24 de nov de 2011

Carta ao Quebrado

Oi Quebrado,

não há razão alguma para escrever
mas você precisa de uma carta
mesmo dizendo que não
já sei que você me deve

lembro do dia em que combinamos
sobre não escrever mais nada
e que só mandariamos
pontos ritmados via e-mail

o ritmo acabou
o ponto findou
a lembrança se foi
e não há razão para uma carta

att,
Brinquedo.

Nenhum comentário: